1
três palavras

Joca Reiners Terron

Começo

É onde tudo acaba. Amores secretos e sociedades proibidas, aqui as coisas encontram seu fim. O exato instante em que o mordomo sussurra ao aço do cofre do banco a senha subtraída do gângster moribundo. A vida faz seu último solfejo. A silhueta do xerife recortada contra o sol poente recebe o ponto final luminoso bem na altura do coração. Daqui por diante nada será igual.


Meio

Em que tudo converge. Maelström. Equivale ao outono. Folhas despencam das árvores, peixes-banana fazem amor. Poderia ser comparado ao Carnaval, mas sem os efeitos especiais. Nesta altura, o vilão faz sua primeira cirurgia plástica. Também pode ser comparado ao sono. Não é aconselhável tentar voltar atrás. Poucos sabem este segredo: tudo tem início no meio, inclusive os bebês.


Fim

É tão importante quanto a infância, no entanto nunca. É o lugar ao qual sempre retornam os criminosos. Uma espécie de lar. Não se sabe sua localização precisa. Tem peso idêntico ao do chumbo, mas sem aquela leveza. Às vezes se confunde e não fica em seu devido lugar. Eu te amo, alguém diz. Eu te odeio, alguém responde. Nunca é o que a gente pensa. É onde tudo começa.


Publicado em 20/12/2009

.

Joca Reiners Terron
É escritor, editor e designer gráfico, autor de "Curva do Rio Sujo" (Planeta) e "Sonho Interrompido por Guilhotina" (Casa da Palavra), entre outros livros.

 
1