1
estante

Nelson Brissac

1. The Writings of Robert Smithson, editado por Nancy Holt, New York University Press, 1979. Os escritos e os projetos do artista da land art americana, cujos processos estéticos, formas de viabilizar propostas e problemas relativos às grandes escalas do território são extremamente atuais.

2. Império, de Michael Hardt e Antonio Negri, publicado no Brasil pela Editora Record, São Paulo, 2001. Uma abrangente análise das novas configurações sociais e espaciais engendradas pelo capitalismo contemporâneo, suas práticas de dominação e seus poderes alternativos.

3. Critical Vehicles, de Kryzysztof Wodiczko, MIT Press, Cambridge, 1999. O artista polonês, professor do MIT, apresenta seus instrumentos para populações socialmente excluídas, de veículos para sem-teto a dispositivos de comunicação. O design a serviço da crítica e da transformação social.

4. Mutations, de Rem Koolhaas e outros, ed. ACTAR, Barcelona, 2000. Análise das novas condições urbanas engendradas pela globalização, em diferentes cidades do mundo. Uma instigante apresentação de uma cidade tomada pela economia informal: Lagos, Nigéria.

5. Great Leap Forward , Harvard Design School, Cambridge, 2001. Esta pesquisa, dirigida por Rem Koolhaas, apresenta um amplo quadro da zona econômica especial do sul da China, com suas vertiginosas transformações políticas e urbanísticas. Um modelo de análise dos novos processos do capitalismo, uma redefinição da cidade como infra-estrutura.

6. A mineração no Brasil e a Companhia Vale do Rio Doce, ed. CVRD, Rio de Janeiro, 1992. Um histórico de uma das maiores empresas do país, cujos sistemas de mineração e logística estruturam grandes parcelas do território nacional, originando novas configurações produtivas e urbanas.

7. A invenção da América, de Edmondo O'Gorman, Editora Unesp, São Paulo, 1992. Os primeiros relatos dos Descobrimentos e o dramático confronto da mentalidade européia com um desmedido que não cabia na noção de mundo então vigente.

8. Nelson Felix, textos de Glória Ferreira e outros, Editora Casa da Palavra, Rio de Janeiro, 2002. Um livro de projetos do artista, com a apresentação das propostas, desenhos técnicos e making-of. Revela os princípios e procedimentos de trabalhos em grande escala que confrontam situações complexas e dinâmicas.

Nelson Brissac
É filósofo e trabalha com questões relativas à arte e ao urbanismo. É professor do Departamento de Comunicação e Semiótica da PUC-SP e organizador, desde 1994, de Arte/Cidade (www.artecidade.org.br), um projeto de intervenções urbanas em São Paulo. Atualmente desenvolve o projeto MG/ES, em parceria com escolas e empresas de Minas Gerais e do Espírito Santo.

 
1